Os peritos na área de segurança de computadores informaram que tinham encontrado um malware, que durante cerca de 5 anos reunia informações confidenciais de computadores em todo o Oriente Médio.
Como anunciou o representante da companhia russa Kaspersky Lab, um vírus de computador, chamado Flame, roubava os dados de várias formas, incluindo imagens dos monitores, registros de conversas com os microfones ligados, cópia da correspondência do serviço de mensagens instantâneas.
O worm atacou sistemas privados, comerciais e governamentais. Entre os países atacados estão o Irã, Israel, Sudão, Síria, Líbano, Arábia Saudita e Egito. Segundo o perito, a envergadura e complexidade da estrutura do vírus sugere que o seu desenvolvimento tenha envolvido um governo.
O centro iraniano de combate às ameaças cibernéticas (CERT) anunciou a criação de ferramentas antivírus para neutralizar o Flame, o vírus de computador mais forte de sempre, informa a BBC News.
Os representantes do CERT iraniano anunciaram que o antivírus tinha sido desenvolvido no início de maio e em breve estaria disponível para organizações que possam ter estado em risco de infeção. A ferramenta é capaz de defender os sistemas informáticos contra a infecção, bem como de “curar” o computador infetado. LEIA MAIS AQUI .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s